Protea

A protea é uma das flores mais emblemáticas e cativantes da região. O nome deriva do deus da mitologia grega Proteus. Proteus era filho de Neptuno e possuía a capacidade de assumir várias formas. Foi esta capacidade que levou Lineu a denominar de Proteaceae este agrupamento de plantas que (também) se apresentava de forma muito diversa entre si.

Fonte
A protea é uma flor originária da África do Sul, e foi introduzida na Ilha da Madeira, pela inglesa Mildred Blandy, na década de 70. Na África do Sul, a presença de próteas no jardim constituía um símbolo de riqueza e poder.

São plantas que não necessitam muita manutenção e o clima e solo madeirenses permitem o cultivo de qualquer espécie/variedade desta planta. Actualmente, a produção e exportação de proteas, é uma actividade em crescimento na região.

Fonte

O período de produção de flores varia consoante as espécies mas, de uma maneira geral e relativamente às cultivadas na ilha da Madeira (Protea cynaroides, Protea neriifolia, Leucospermum cordifolium e o Leucadendron "Safari Sunset"), a colheita vai de Setembro a Maio. 



Sem comentários:

Publicar um comentário