Dicionario Madeirense (parte IV)

Hoje continuamos com as expressões mais típicas da Região Autónoma da Madeira. Pode ver a primeira publicação deste género clicando aquiaqui e aqui. Conhece alguma destas expressões?



Lebrina (De neblina) — Tempo com nevoeiro e ligeiros orvalhos.

Leste — Vento, por vezes violento, que sopra dos lados da costa africana com grande aumento da temperatura e da secura atmosférica. Siroco.

Levada — Aqueduto que conduz a água para a irrigação.

Levadeiro — O que distribui as águas de irrigação.

Lombada — Encosta grande.

Lombo — Encosta ou vertente de terrenos elevados. É muito-usado toponimicamentei Lombo de...

Luzir — Despontar da manhã.

Madre (Levadas) — Lugar onde convergem ou nascem as águas que abastecem os aquedutos. Os próprios aquedutos. As paredes das levadas.

Maduro — Pessoa vagarosa nos seus movimentos e nos seus actos.

Mala-feita — Insulto. Prejuízo. Dano.

Malcriação — Má criação (corr.).

Malha — Sova, bater em alguém.

Mamolhão — Pequena distensão na pele causada por pancada.

Mangação — Acto de escárnio e de troça por palavras ou gestos.

Maniato — Que sofre de manias.

Mantigueiro — Falador. Adulador.

Marracho — Indivíduo de maus instintos. Peixe (esqualo) muito temido pelos pescadores.

Mastrunço — Pessoa que se apresenta mal no vestuário. Coisa mal ajeitada.

Matagueira — Matagal. Lixo.

Matracada — Ruído. Barulho. Som incómodo e repetido.



Fonte: Vocabulário Madeirense, Padre Silva F.

Sem comentários:

Publicar um comentário