Madeira é a primeira região a proibir abate de animais de estimação

O Parlamento madeirense aprovou, por unanimidade, uma lei que proíbe o abate de animais de companhia.
Esta nova lei vai de encontro às manifestações de associações de direitos dos animais, que consideram o abate de animais domésticos, uma matança indiscriminada, o que leva a uma má imagem da região para o exterior.

A legislação prevê ainda a criação de um centro de esterilização e exige que os municípios façam recolha de todos os animais errantes. 
Uma boa notícia para os animais!

Fonte

Sem comentários:

Publicar um comentário